Dhunga a frente do esporte em Canguçu - Foto: Arquivo /Canguçu Sports
A gestão municipal esportiva nunca foi uma tarefa fácil, entender o funcionamento, dificuldades e questões políticas que  tornam a vida do agente publico bastante dificultosa é uma tarefa necessária, para isso nada melhor que ouvir aqueles que já passaram pela coordenação das atividades do Núcleo de Esportes da Prefeitura Municipal de Canguçu para compreender a visão de cada um sobre o esporte municipal.

Mestre Dhunga é o primeiro, Dhunga de muitos esportes, da Capoeira, do voleibol, do futsal e uma longa história no esporte educacional de Canguçu, confira: 

Nome: Edison Duarte Coelho (Dhunga)
Idade:45
Profissão: Professor de Educação Física
Naturalidade: Canguçu

Qual a importância que o esporte e o lazer devem ter em uma administração municipal?

Edison Dhunga- Podemos começar dizendo que o esporte e o Lazer são direitos fundamentais do ser humano previstos em leis de nosso País, principalmente após a constituição de 1988, estes são vitais no desenvolvimento social e na qualidade de vida de uma cidade, até mesmo por isso diversos programas de incentivo de nível nacional, estadual e também municipal são implantados a cada governo, podemos citar programa Esporte e Lazer na cidade, programa segundo tempo entre outros. Eu acredito realmente que uma visão voltada para estas politicas pode inclusive reduzir os gastos que o município pode ter em outras áreas, cito a saúde, por exemplo, na redução de medicação principalmente nos casos de stress entre outros.

É possível apoiar atletas e modalidades esportivas em tempos de redução de investimentos?

Edison Dhunga- Com toda a certeza esta previsto na lei Orgânica de muitos municípios o quanto deve ser investido para o esporte de um município e só uma questão de eleger prioridades do gestor, o qual muitas vezes atua apenas como bombeiro apagando incêndios e não fazendo um planejamento sério do que deve ser as áreas de atuação nos quatro anos de Gestão, No município tem uma lei de incentivo ao Esporte que são parcerias com empresas no desconto dos impostos a serem pagos, é uma questão de gerir e apoiar, além é claro de ter projetos junto ao estado e ao governo federal para angariar estes recursos, um trabalho sério com certeza fará com que os olhos de diversas empresas se volte para este apoio, e ai o papel da municipalidade é ser intermediador desta ação. Creio seriamente que os gestores devem pensar com seriedade na possibilidade, pois além de tudo é uma grande propaganda para o governo ter no seu rol de investimento atletas de destaque a nível regional, estadual e federal.

Como é possível melhorar a inserção do esporte nas escolas e ampliar a relação dos jovens com a prática esportiva?

Edison Dhunga- Nosso esporte escolar tem uma boa visibilidade no município sendo esta uma característica nossa a tempos obviamente sempre podemos melhorar e ampliar as práticas o que requer um estudo sério em conjunto pois eu enquanto professor de Educação Física também sou corresponsável por sugestões e mudanças, creio que a lacuna que possa ser preenchida seja o contraturno escolar, para que nosso jovem realmente possa estar ocupado e tenha um OBJETIVO  para a sua vida pelo menos durante o período escolar, esta seria uma ação concreta para melhorar a relação dos jovens com a prática esportiva.

De zero a 10, que nota o senhor dá para o esporte e lazer em Canguçu hoje?

Edison Dhunga- Não vou atribuir uma nota, mas vou tecer comentários temos algumas boas iniciativas como é nosso verão na pista um espaço democrático para a pratica de diversas atividade de esporte e lazer, mas esta é uma ação isolada que deveria ser expandida em outros moldes para as outras estações do ano e também em outras localidades. Temos as duas academias ao ar livre que contribuem bastante para o lazer e a atividade física das pessoas, em todos as vilas temos espaços ociosos (ou não) que podem melhor ser utilizados para a pratica de exercícios físicos e lazer das comunidade, no esporte amador de uma forma geral vejo o Futebol e o Futsal como áreas supervalorizadas, deixando outras áreas a desejar, algumas iniciativas parcas na área do voleibol que não chegam a contentar de uma forma satisfatória os praticantes(no qual me incluo). Não podemos deixar de fora em nossa reflexão as academias, os bailes e muitas outras áreas que estão presentes em nosso município e são espaços de lazer.

É possível ampliar as áreas de lazer no município? Como fazer isso?

Edison Dhunga - Sim com certeza já abordei de maneira superficial na resposta anterior pois toda as comunidades(vilas) tem espaços públicos que podem ser melhores explorados tanto diariamente a tardinha depois do expediente dos trabalhadores e estudantes como nos finais de semana, como disse antes é uma questão de prioridades dos gestores, melhoras nos campinhos de futsal, mais academias ao ar livre, criação de mais praças com brinquedos a partir de objetos recicláveis, colocação de mesas(tabuleiros) de damas e xadrez, quem sabe espaços para a troca de livros de leitura na praça entre outros.

Qual a sua opinião sobre o apoio financeiro para o esporte em Canguçu vindo da iniciativa privada e pública?

Edison Dhunga- Creio que o esporte amador futebol e futsal existe um certo apoio financeiro nas administrações passadas sobre a atual ainda aguardamos um pouco mais para sabermos das prioridades da atual administração, na iniciativa privada como pouco acompanho o futebol não sou a pessoa mais indicada para opinar.

Personalidade esportiva que admira?

Edison Dhunga- Bernardinho ex-técnico de voleibol da seleção brasileira

Como o Sr. Avalia sua gestão a frente do Núcleo de esportes do município?

Edison Dhunga- Creio que conseguimos botar um planejamento em funcionamento, participamos de diversas reuniões com entidades do esporte a nível municipal, regional, estadual e federal onde aprendemos muito, vejo hoje que muito conseguimos fazer pois o tempo era outro, e a crise financeira não era tão severa quanto hoje, mas hoje com o meu amadurecimento e com os estudos mais aprofundados que fiz até mesmo através do Mestrado que fiz após sair do Núcleo que poderia ter feito muito mais e de uma forma diferente. Algumas coisas que destaco durante meu tempo no núcleo – Dois Seminário de Educação Física a nível regional; as atividade de verão na pista; A seleção de Futsal de Canguçu e sua participação na taça RBS; O investimento financeiro para obras nos clubes de Futebol de campo do município; Criação e manutenção de uma equipe feminina municipal de Voleibol com a participação em diversos torneios da região entre outras atividades.

Qual a dificuldade do Núcleo de esportes em promover um campeonato amador, de futebol, futsal e escolar?

Edson Dunga- Algumas iniciativas a este respeito já são feitas como o Bom de Bola, o Jergs e os TEICs (Torneios Escolares) nas mais diversas modalidades, sobre um campeonato amador bom não sou a pessoa mais indicada para fazer reflexões a este respeito, pois tenho muitas considerações negativas a respeito do que as paixões humanas fazem com o futebol de uma maneira geral.

O futebol feminino sempre foi muito discriminado em Canguçu, qual seria o motivo da falta de investimento na categoria?

Edison Dhunga- Um dos motivos que identifiquei quando trabalhei no núcleo de esportes era a desorganização das pessoas envolvidas, na atualidade não saberia informar, pois não acompanho.

Em um comparativo entre o esporte da zona urbana e na zona rural qual as semelhanças e as diferenças que merecem destaque?

Edison Dhunga- uma das principais semelhanças é o tipo de esporte desenvolvido o futsal e futebol de campo, como diferenças as quadras de futsal do interior a maioria é de chão batido na cidade quadras cobertas com parque.

Quais os principais empecilhos no desenvolvimento esportivo e do lazer no município de Canguçu?

Edison Dhunga- Vou elencar três: primeiro falta de vontade política, segundo as prioridades principalmente financeiras da municipalidade, terceiro não termos uma secretaria de Esporte e Lazer, atualmente é o Núcleo de Esportes que coordena as atividades, com verba própria preocupada com o desenvolvimento destes segmentos no município

De que forma podemos celebrar convênios com governos estadual e federal e assim ajudar o fomento esportivo?


Principalmente estando atento aos editais que os governos lançam em plataformas especificas para este fim, mas ajudaria bastante ter no núcleo de esportes uma pessoa habilitada e com uma facilidade em escrever projetos e não ficarmos dependentes de lobistas para este fim. Obviamente que a prefeitura tem que estar com seus documentos em dia para celebrar o convênio e depois prestar contas com os documentos para não fechar futuras possibilidades.
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: