A conquista de cada ponto na Série C do Campeonato Brasileiro, além de ser muito comemorada, é feita com suor e dedicação. Não diferente, essa foi a tônica do empate Xavante em Campinas, na noite desta segunda (20). O 2 a 2 diante do Guarani deixa o Brasil na liderança do Grupo B da competição. Na próxima rodada, o Brasil enfrenta o Tupi, na última rodada do primeiro turno, no Bento Freitas. O jogo é no domingo (26), às 16 horas.

O Brasil começou o jogo tomando um susto. Logo aos 5 minutos, Clementino abriu o placar. Depois do gol do time da casa, só deu Xavante, mas o empate só veio aos 3 minutos da segunda etapa. Aos 18, porém, o árbitro da partida deu um pênalti para o Guarani inexplicável, onde Fumagalli colocou o Bugre novamente na frente. Mas Leandrão, o artilheiro Xavante e agora também da Série C, empatou o jogo aos 39 minutos do segundo tempo, fazendo deste empate, mais uma partida heróica do rubro-negro.

Com o resultado, o time do técnico Rogério Zimmermann chegou ao 16 ponto e segue líder isolado do Grupo B da Série C, ainda invicto na competição. Agora, pela última rodada do primeiro turno, o Brasil enfrentará o Tupi, domingo (26), às 16 horas, no estádio Bento Freitas.

O JOGO

O jogo mal havia começado e aos cinco minutos de bola rolando, Wender tentou desviar cruzamento da esquerda e a bola caiu nos pés de Clementino. O atacante do Bugre só teve o trabalho de empurrar para as redes. Guarani 1 a 0. Aos 15, Alex Amado rolou para Xaro, que invadiu a área e chutou rasteiro. Rafael Santos fez a defesa. Três minutos depois, Diogo Oliveira cobrou falta pela esquerda de ataque do Brasil e o goleiro campineiro abandona a meta para evitar o gol de empate. Xaro, ao 22, cobrou escanteio pela direita e Leandro Camilo, no meio da área, cabeceou com força. A bola raspou o travessão do Guarani.

Aos 32, Xaro tocou para Alex Amado que por sua vez deixou a bola para Felipe Garcia chutar rasteiro e ver a bola tirar tinta da trave esquerda do Guarani. Dois minutos depois, Alex Amado botou a bola na área, Leandrão escorou e Diogo Oliveira tentou o chute. A zaga cortou parcialmente e a bola sobrou para Felipe Garcia que chutou e novamente a zaga do Bugre conseguiu evitar o empate. Aos 42, Xaro cobrou escanteio e Felipe Garcia, na segunda trave, tentou, de cabeça, empatar, sem sucesso. No minuto seguinte, Leandrão cruzou e Alex Amado cabeceou, mas a bola caprichosamente saiu ao lado esquerdo de Rafael Santos.

Na segunda etapa, foi o Brasil quem precisou de poucos minutos para balançar as redes. Logo no primeiro minuto, Alex Amado mostrava que o empate era questão de tempo. Ele driblou dois marcadores e chutou de fora da área. A bola passou sobre o gol adversário. Aos 3 minutos, Wender cruzou e Leandrão, na primeira trave, desviou de cabeça. A bola passou sobre Rafael Santos e, na segunda trave, morreu no fundo das redes campineiras. Brasil 1 a 1.
Xaro, aos 7, cobrou escanteio e Leandro Camilo subiu alto para cabecear e ver a bola raspar no pé direito de Rafael Santos. O Brasil atacava muito e buscava o segundo gol, mas aos 18 minutos, um lance mudou a partida. Depois de cobrança de escanteio, o árbitro da partida marcou pênalti para o Guarani, alegando toque de mão de um jogador Xavante. Algo questionado por todos, cujo toque de mão foi inexistente. Fumagalli, aos 19, bateu a penalidade e colocou o Guarani novamente na frente.

Mas o Brasil queria somar pontos e foi em busca do empate. Aos 22, Galiardo cobrou falta frontal e carimbou a trave esquerda de Rafael Santos. Aos 23, Diogo Oliveira arriscou da entrada da área por cima. O Maestro Xavante, aos 37 e aos 38, anunciava o empate rubro-negro. Nas duas oportunidades, Diogo Oliveira chutou e Rafael Santos fez milagres. Mas aos 39, Xaro cobrou escanteio e Leandrão, o artilheiro da Série C, subiu alto e cabeceou com força. A bola ainda bateu na trave esquerda do Bugre antes de balançar as redes do Brinco de Ouro. Tudo igual. Brasil 2 a 2.

O gol animou o Brasil a buscar o terceiro. Mesmo diante de tantas tentativas, o empate foi o resultado do duelo diante do Guarani. Mais um importante ponto conquistado fora de casa pelo time do técnico Rogério Zimmermann, que volta de Campinas ainda mais líder e invicto na Série C do Campeonato Brasileiro.

FOTO: Carlos Insaurriaga / GEB

Jonathan Silva
Assessoria de Imprensa GE Brasil
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: