A partida era a reedição da final da Série D de 2014. Assim como no ano passado, o placar do jogo deste sábado (4), no estádio Antonio de Almeida, em Tombos/MG, terminou no 0 a 0. O Brasil buscou o gol e mais um vitória, mas parou no goleiro Darley e na zaga da Tombense. O resultado levou o time rubro-negro ao décimo segundo ponto, o mantendo na zona de classificação à próxima fase e na liderança do grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. A próxima partida é contra o Madureira, no domingo (12), às 16h, no estádio Bento Freitas.

Diferentemente de como fora no final do ano passado, o Brasil foi a Minas Gerais com o time completo. O que não mudou foi a vontade e a garra do time do técnico Rogério Zimmermann para buscar mais um ponto na competição. Com menos de um minuto de partida, o rubro-negro já chegava com perigo. Wender cruzou e Washington desviou de cabeça para fora. Aos 12, Nena tocou para Alex Amado que quase marcou. Darley salvava, pela primeira vez, a equipe da casa.

Alex Amado, aos 14, fez grande jogada e tocou para Nena. O artilheiro Xavante foi traído pela irregularidade do gramado e chutou a bola por cima do gol da Tombense. Aos 17, Diogo Oliveira fez boa jogada, tentou o passe para Alex Amado, mas a zaga mineira conseguiu interceptar no momento exato.

Xaro, aos 22, tocou para Alex Amado. O baixinho driblou, dentro da área, e cruzou para Diogo Oliveira quase abrir o placar. Aos 29, no lance de maior perigo da etapa inicial, Xaro cobrou falta na cabeça de Leandro Camilo, que subiu alto e cabeceou com força e Darley fez milagre para salvar a Tombense. No rebate, um novo cruzamento que a zaga mineira fez de tudo para tirar e deixar o placar no zero no primeiro tempo.

A segunda etapa começou com o Brasil pressionando. Aos 6 minutos, em contra ataque rápido, Felipe Garcia driblou um marcador e ia ficando em boas condições para marcar, mas outro marcador da Tombense conseguiu interceptar o atacante Xavante. No minuto seguinte, Wender cobrou lateral para Washington que desviou de cabeça. Nena, no meio da área, cabeceou com perigo para fora. Aos 13, Diogo Oliveira cobrou falta a meia altura, a bola bateu na barreira e obrigou Darley, em dois tempos, salvar a Tombense.

Aos 18, boa triangulação Xavante pelo lado esquerdo, Xaro cruzou para Nena que, na marca do pênalti, cabeceou com força, para fora, e quase fez o primeiro gol rubro-negro. Aos 29, naquela que seria a última chance de gol do jogo, foi, também, a mais clara e perigosa da partida. Xaro cruzou para a área, Darley se atrapalhou todo na saída do gol e a bola sobrou para Alex Amado. O baixinho ia marcando o gol, mas Heitor, em cima da linha, salvou a Tombense, mandando a bola para escanteio. Na cobrança, Xaro colocou na cabeça de Fernando Cardozo, que subiu alto e cabeceou. A bola caprichosamente bateu na trave e saiu.

O Brasil, que foi a Tombos invicto, volta para Pelotas com essa condição e com mais um ponto conquistado na tabela. Líder do Grupo B da Série C com 12 pontos, o time do técnico Rogério Zimmermann volta a campo no próximo domingo (12), às 16h, no estádio Bento Freitas, contra o Madureira.

FOTO: Lúcio / Foto Batista

Jonathan Silva
Assessoria de Imprensa GE Brasil
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: