Jogando longe do Bento Freitas, mais precisamente no estádio do Vale, em Novo Hamburgo, o Brasil arrancou na Série C 2015 conquistando o seu primeiro ponto. Em um jogo típico de duas equipes gaúchas, disputado ao extremo, o placar ficou na igualdade: 1 a 1. Nena, de pênalti, marcou para os rubro-negros, já Brenner, em um lance polêmico, deixou tudo igual. Agora, o time do técnico Rogério Zimmermann volta suas atenções para o centro do país. No próximo sábado (23), às 19h, no Pacaembu, em São Paulo, o Brasil enfrentará a Portuguesa, na segunda rodada da Série C.

Com a bola rolando, o Brasil não precisou muito para marcar. Aos 3 minutos, Alex Amado, o flecha rubro-negro, foi puxado na área. Pênalti, que Nena bateu e fez o primeiro gol Xavante na competição. Aos 18, Alex Amado arriscou de longe e mandou para fora. Aos 21, um lance que sacudiu a Xavantada. A zaga do Juventude cortou um cruzamento, mas a bola caiu nos pés de Diogo Oliveira. O Maestro bateu com categoria e a bola passou caprichosamente tirando tinta do ângulo esquerdo de Airton.

Aos 26, Xaro, de cabeça, lançou a bola para a área, Alex Amado protegeu com o corpo e, de costas pro gol, girou e bateu para fora. Três minutos depois foi Leandro Leite quem tentou ampliar. Ele chutou de longe e Airton fez uma grande defesa. No último lance de perigo do primeiro tempo, Amado foi derrubado na entrada da área. Falta perigosa que Diogo Oliveira bateu com categoria e viu Airton fazer um milagre. No rebote, Amado tentou e a zaga salvou o Juventude.

Na segunda etapa, Felipe Garcia, aos 4, cruzou rasteiro e Nena tentou de letra marcar o segundo gol Xavante. Aos 10, porém, um lance mais do que polêmico. O Juventude cruzou para a área, nas disputas aéreas vários empurrões até que Paulo Baier, na pequena área, chutou. Eduardo Martini fez uma grande defesa. No rebote, Heverton chutou. Quando Martini ia fazer a segunda defesa, Brenner desviou de cabeça, quase dentro do gol, e empatou a partida.

O Brasil quase empatou no lance seguinte. Aos 13, Felipe Garcia cruzou rasteiro, Nena tentou de letra novamente e Helder acabou recuando para Airton. Lance de dois toques na pequena área. Na cobrança, Diogo Oliveira rolou para Xaro que soltou a bomba, mas a zaga do Juventude, que não respeitava o espaço exigido pelas regras, conseguiu evitar a vantagem rubro-negra.

Depois, um jogo truncado, de bastante faltas e muitas disputas pelo segundo gol. Quem chegou mais perto foi Diogo Oliveira, aos 42, em um chute de fora da área. Mas nem Brasil, nem Juventude marcaram mais na noite deste sábado (16). Entretanto, os dois arrancam com um ponto na Série C do Campeonato Brasileiro. O próximo desafio Xavante na competição nacional é no sábado (23), às 19h, no estádio Pacaembu, em São Paulo. O adversário é a Portuguesa.


FOTO: Carlos Insaurriaga / GEB

Jonathan Silva
Assessoria de Imprensa GE Brasil
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: