Jogando pela segunda rodada da Divisão de Acesso de 2015, no estádio Aldo Dapuzzo, o Rio Grande não conseguiu vencer o time do Pelotas. Apesar do Tricolor ter começado a partida pressionando e com boas oportunidades, quem garantiu os três pontos foi a equipe visitante. Logo no começo da partida, Fabiano fez um cruzamento para dentro da área adversária, só que antes que os jogadores da equipe Tricolor conseguissem chegar na bola, a defesa do Pelotas afastou o perigo dali. Em seguida, na cobrança de falta, Edinei fez um outro cruzamento na área e Gleisson chutou e a bola passou muito próxima da trave.

Em jogada entre Fabiano e Fernandez,este que chutou de canhota, a bola passou novamente muito próxima ao gol adversário. Logo depois, Feliphe abriu o placar para o time visitante, em uma jogada que partiu de um escanteio. Mesmo após o gol, o Tricolor não desistiu. Fabiano mais uma vez tocou para Fernandez que chutou com força dando trabalho para o goleiro adversário que espalmou e colocou a bola para fora.

Michel foi quem teve outra oportunidade de igualar o placar. Ele bateu da lateral forte e cruzado em direção ao gol, mas o goleiro adversário interferiu mais uma vez dando um toquinho na bola, que saiu pela linha de fundo. Em seguida Anderson, que já tinha cartão amarelo cometeu uma falta e foi expulso.

Depois Léo Jaques cruzou a bola para dentro da área da equipe adversária, Zé Roberto que estava entrando foi em busca da bola, mas o goleiro do Pelotas acabou fazendo a defesa. Posteriormente, Edinei na cobrança de falta da intermediária mandou em direção ao canto do gol e o zagueiro Xande tentou dar um toque para mandar a bola para o fundo das redes, mas o chute saiu errado e a bola foi alta demais. Logo após, o time visitante ampliou o placar com Jô, deixando o placar final em 2 a 0 para a equipe do Pelotas.

Ao final da partida o técnico Carlos Borges da Rosa, o Carlão, disse que não adianta a equipe se lamentar pelos jogadores que saíram da partida por lesão ou cartões e que é preciso correr atrás dos resultados. "Não podemos ficar na dependência desses jogadores que saíram. Quinta-feira temos mais um jogo complicado. Começamos jogando bem, mas em um erro de marcação tomamos o primeiro gol. Depois que tomamos o gol, ficamos expostos e acabamos levando outro. Agora precisamos sair o mais rápido possível dessa situação. Futebol é resultado e para isso temos que seguir trabalhando", avaliou. Ainda durante a partida a equipe do Mais Velho solicitou a arbitragem um minuto de silêncio, em homenagem ao torcedor ilustre Fernando Gonzalez, falecido recentemente.
A equipe do Rio Grande reapresenta-se nesta segunda-feira (9), as 16h no estádio Arthur Lawson.

Rio Grande: Luciano,Anderson, Xande, Rodrigo Ramos, Edinei, Jhonison, Rafinha (Léo Jaques), Fernandez, Gleisson (Zé Roberto), Fabiano (Wilson) e Michel. Técnico: Carlos Borges da Rosa.

Pelotas: Igor, Itaqui, Stevys, Eduardo Praes, Arthur, Vinícius Silva, Feliphe (Jô), João Emir, Paulo Roberto (Tiago Rodrigues), Geovane e Adílson Bahia (Léo Mineiro). Técnico: Agenor Piccinin
Arbitragem: Geovane Luis da Silva, auxiliado por Cristhian Freitas de Oliveira e Luiz Paulo Duarte Rodrigues.

Gols: Feliphe aos 16 min e aos 84 min Jô (Pelotas).
Texto e fotos: Aline Rodrigues
Departamento de Comunicação
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: