Ei você aí, avisa a Série C que o Xavante vem aí. O tão sonhado retorno à terceira divisão do futebol nacional chegou ao Bento Freitas. E, como sempre, ele veio com ares de sofrimento. Depois de vencer por 2 a 1 em Pelotas, o Brasil perdeu pelo mesmo placar, no estádio Boca do Jacaré, em Brasília, para o Brasiliense, neste domingo (19) e precisou garantir a vaga às semifinais da Série D nos pênaltis. E ela veio. Junto com ela, a conquista do acesso à Série C do futebol brasileiro.

Foram milhares de quilômetros percorridos por jogadores, comissão técnica e muitos torcedores. Sim, torcedores. Como sempre, a Maior e Mais Fiel não importou-se com a distância e foi para a estrada para empurrar os guerreiros Xavantes em mais uma batalha. E eles viram Alex Amado, aos 7, quase abrir o placar. Mas, também tiveram que ver Luiz Carlos, que já vestiu o manto rubro-negro, abrir o placar aos 13.

O resultado não era bom para o Brasil e os guerreiros não deixaram de lutar. Criaram boas chances, a maioria paradas em Edson, o bom goleiro do Brasiliense. Quem também se destacava era Eduardo Martini, com importantes defesas pelo lado rubro-negro.

Mas aquilo que já estava difícil, piorou aos 42, quando Luiz Carlos, de novo, balançou as redes. Sem se abater, o Brasil, três minutos depois descontou. Alex Amado fez boa jogada e lançou Nena. Ele bateu certeiro, balançou as redes e fez o Xavante reviver na partida. Com o resultado, a partida estava indo para os pênaltis.

Na segunda etapa não foi diferente. Boas chances de ambos os lados e importantes intervenções doa goleiros de Brasil e Brasiliense. Quando tudo se encaminhava para as penalidades, uma confusão tirou Leandro Leite, da equipe gaúcha, e Galhardo, da equipe candanga, do jogo, ambos expulsos.

Sem mais o que fazer com a bola rolando, foi a hora do torcedor, seja em Brasília, seja em Pelotas, apelar para as superstições. E as rezas deram certo. Luiz Carlos cobrou a primeira penalidade e converteu para o Brasiliense. Nena, o artilheiro Xavante bateu e Edson defendeu. Dai foi a vez de Martini brilhar. Ele defendeu a cobrança de Fábio Braz e viu Alex Amado empatar a decisão.

Depois, Felipe e Romarinho converteram para os donos da casa. Márcio Jonatan e Chicão para o Brasil. Na ultima serie de cobranças, a coroação de um trabalho árduo e sofrido. Baiano bateu e Eduardo Martini buscou a bola. A grande defesa do goleiro Xavante deixava Rafael Forster com a possibilidade de, se convertesse a última cobrança, colocar o Brasil na Série C. E o lateral não titubeou. Bateu, estufou a rede e fez uma nação gritar. O Brasil está nas semifinais da Série D. O Brasil está de volta à Série C do futebol brasileiro.

A festa que começou nas arquibancadas do estádio Boca do Jacaré se estendeu pelas ruas de Pelotas. Milhares de rubro-negros tomaram as principais vias de Pelotas para comemorar mais uma façanha do Clube do Povo. E a festa promete continuar. A chegada da delegação a Pelotas está marcada para esta segunda (20), às 19h. As ruas da Princesa do Sul vão se pintar em vermelho e preto.

FOTO: Carlos Insaurriaga / GEB

Jonathan Silva
Assessoria de Imprensa GE Bras
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: