No duelo de rubro-negros, melhor para o gaúcho. Brasil vence o Ituano por 1 a 0 e termina a primeira fase na liderança do Grupo A7 da Série D

Um dia após as comemorações da Revolução Farroupilha, o Brasil mostrou o porquê no hino gaúcho tem a frase: sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra! Jogando no Bento Freitas, em um domingo ensolarado, o Xavante despachou o Ituano, campeão paulista, por 1 a 0 e terminou a primeira fase da Série D na liderança do Grupo A7. O gol foi marcado por Nena, aos 38 minutos da primeira etapa, em cobrança de pênalti. Agora, com a confirmação do primeiro lugar, o GEB encara o Operário/MT nas oitavas de final da competição. O primeiro jogo será em Cuiabá, com data ainda não confirmada.

Em um primeiro tempo de muita pressão, o Brasil assustou o Ituano principalmente nas cobranças de bolas paradas. O goleiro Diego, do Ituano, fez diversas boas defesas, impedindo a abertura do placar. Mas o arqueiro paulista não conseguiu parar a cobrança de pênalti de Nena, aos 38 minutos. O único gol da partida sacudiu o Bento Freitas e colocou o Brasil de volta a liderança do Grupo A7.

Já no segundo tempo, o Brasil fez mais do que apenas administrar o resultado. Procuro, de forma intensa e aguda, ampliar o placar. Mais uma vez, o goleiro Diego foi quem se destacou no bloqueio do ataque Xavante. Sem bola na rede na etapa final, o placar se manteve positivo para o rubro-negro e a Maior e Mais Fiel pode comemorar a classificação em primeiro lugar do Grupo A7.

O JOGO

Logo na saída de bola, o Brasil já mostrou ao Ituano que em solo gaúcho, quem manda é o povo de bombacha. No primeiro minuto, depois de cobrança de falta, Rafael Forster ficou com a bola na entrada da área e mandou uma bomba sobre o gol de Diego. A bola passou raspando o travessão do Ituano. Aos 24, Raulen cobrou lateral e Nena tentou, de bicicleta, abrir o placar, mas a zaga paulista conseguiu mandar para escanteio.

Já aos 33, Diego fez um milagre. Alex Amado recebeu bola na área, girou e bateu no cantinho. O goleiro paulista se esticou todo e conseguiu mandar a bola para escanteio. Dois minutos depois, Amado fez boa jogada e cruzou para Zotti. O camisa 10 deu um chapéu no adversário, na entrada da área, e tocou para Nena. O centro avante girou e bateu forte, mais uma vez Diego conseguiu defender.

Aos 36, Washington foi derrubado na área e o pênalti foi marcado. Durante dois minutos, entre a marcação do pênalti e a cobrança de Nena, a tensão tomou conta dos torcedores nas arquibancadas. Mas Nena, com toda sua categoria, correu pra bola e fez a bola estufar as redes do Ituano, fazendo a alegria da Maior e Mais Fiel. Brasil 1 a 0.

A segunda etapa começou assim como a primeira: com o Brasil no ataque. Aos três minutos, em boa jogada pela esquerda, Márcio Hahn tocou para Nena, que chutou e Diego fez boa defesa. Aos 8, uma linda jogada em velocidade. Zotti recebeu passe de peito de Nena, partiu em velocidade e tocou para Márcio Hahn. O meia olhou para a área e devolveu, com um certeiro cruzamento, a bola para Zotti. O camisa 10 Xavante cabeceou por cima do gol de Diego, quase marcando o segundo gol rubro-negro na partida.

Aos 13 minutos, Márcio Hahn lançou Alex Amado. O baixinho driblou o marcador, dentro da área, e foi derrubado, mas o pênalti não foi marcado. Assim, com total domínio da partida, controlou o Ituano e viu o tempo passar até o apito final, decretando a liderança do Grupo A7 e a classificação como um das melhores campanhas da Série D do Brasileirão.

FOTO: Italo Santos / GEB


Jonathan Silva
Assessoria de Imprensa GE Brasil
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: