Jogando no Estádio Nicolau Fico por conta da perda do mando de campo, o São Paulo enfrentou, na tarde deste sábado (10), o Lajeadense e trouxe um ponto para Rio Grande. Mais uma vez a atuação do time rendeu elogios por parte da torcida e imprensa, no entanto, as dezenas de chances claras de gol não foram convertidas e impediram o rubro-verde de conquistar os três pontos.

O volume de jogo aplicado pela equipe rio-grandina impressionou. A posse de bola passou dos 70%. Foram 17 finalizações, 13 delas obrigaram o goleiro Giovani a salvar a equipe alviazul.

Logo com 1 minuto de jogo, Diego Sapata e Dudu Mandai fizeram boa triangulação, a bola sobrou para o camisa 10 dentro da área, no último drible antes do chute à gol, o zagueiro o derrubou. O árbitro Rogério Espilman marcou falta fora da área, para o desespero dos cerca de 200 torcedores que foram até Pelotas torcer pelo Leão.

Três minutos depois, Guilherme Moller recebe passe pela ponta direita de ataque e chuta firme, o goleiro Giovani faz defesa espetacular. No entanto, aos 7 minutos de partida, em cobrança de escanteio, a bola cruza toda a área e cai nos pés de Paulo Josué, o meia toca para o meio da área e encontra Mateus, que empurra para o fundo das redes abrindo o placar no Estádio Nicolau Fico. 1×0 Lajeadense.

Dois minutos depois, Diego Sapata recebe passe de Dudu Mandai, gira sobre o marcador e chuta colocado, a bola ia entrando quando um ‘pé salvador’ aparece e tira a chance rubro-verde de empatar a partida.

O primeiro tempo ainda foi de mais três chances para a equipe caturrita. Vavá, chutando de fora da área. Diego Sapata de falta e Vavá, novamente, em chute de longa distância.

Na segunda etapa, a equipe rubro-verde voltou ainda mais ligada na partida e determinada a mudar o placar. Logo com 1 minuto de bola rolando, Tiago Rodrigues acha Diego Sapata, o meia dribla o goleiro e toca, no entanto, mais uma vez, o zagueiro tira a bola em cima da linha.
Aos 22 minutos, Diego Sapata cobra falta pelo lado esquerdo de ataque. A bola não toca em ninguém e passa raspando a trave direita, quase o empate rubro-verde.

Aos 39 foi a vez do garoto Fred, cria da base rubro-verde, mostrar sua qualidade. O atacante entrou e em seu primeiro toque na bola, obrigou o goleiro Giovani a operar um milagre. O arqueiro empurrou, com a ponta dos dedos, a bola para escanteio.

O final do jogo ia se aproximando, e a pressão rubro-verde era cada vez maior. Quando o 4º árbitro levantou a placa dos descontos, Mano Garcia apareceu e mostrou seu oportunismo. Vavá cruzou, o zagueiro do Lajeadense tentou afastar e errou, a bola sobrou nos pés de Uilian Nicoletti, dentro da área. O zagueiro fez cruzamento magistral e encontrou a cabeça do camisa 9 do Leão. Mano Garcia. O gol finalmente saiu.

Os atletas reapresentam-se na Linha do Parque na segunda-feira pela manhã. Os trabalhos acontecerão em dois turnos, a fim de preparar-se para o jogo de terça-feira, contra o Brasil-PEL, pela volta da Copa Fernandão.

FICHA TÉCNICA:


Copa FGF – Região Sul-Fronteira
Local: Estádio Nicolau Fico
Arbitragem: Rogério Espilman, auxiliado por Vinícius Palau Santos e André Guimarães Peil.


São Paulo: Júlio César; Matheus Ferreira (Fred), Guilherme Moller, Nicoletti e Vavá; Mancha, Márcio Reis, Diego Sapata (Léo) e Tiago Rodrigues; Mano Garcia e Dudu Mandai (Geison). Técnico: Toquinho
Lajeadense: Giovani; Thiago, Laércio, Everton e Márcio; Marabá,  Mateus Santana e Paulo Josué; Vinícius, Gilmar e Michel.



DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SCSP
Guilherme Rajão
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: