Rafael Ribeiro / CBF
No Museu da CBF, o seu rico acervo começa pela paixão, retratada no princípio representado pela bola com que foi construída a rica e vitoriosa história da Seleção Brasileira.. 
De 1914,o ano do seu primeiro jogo oficial, à Copa do Mundo de 2014  (em fase de atualização) está tudo lá: toda a trajetória da Seleção Brasileira registrada em forma de jogos, com narração de gols e exibição em vídeos. todos os uniformes que a Seleção usou; documentos, jogos interativos, uma viagem emocionante ao tempo.
Os campeões do mundo ficaram emocionados. Amarildo, na companhia de Paulo Cesar Lima e Wilson Piazza, escutou a narração  do gol que marcou na Tchecolosváquia, o de empate  em 1 a 1, que abriu o caminho para a vitória de viradas por 3 a 1 e para a conquista do bicampeonato mundial.
Gérson, o Canhotinha de Ouro, pôde assistir não só ao seu gol contra a Itália, na vitória de 4 a 1, que deu o tricampeonato ao Brasil, como os seus lançamentos milimétricos e precisos que resultaram em muitos gols para a Seleção..
Paulo César Lima, considerado por Zagalo o melhor ponta-esquerda do mundo, reviu os lances com suas arrancadas e dribles nos jogos em que entrou na Copa de 1970.
Os capitães Carlos Alberto Torres e Dunga também estão nos lugares mais altos do pódio, cada um recebendo sua respectiva taça, a do tri e a do tetra.
A visita dos campeões do mundo ao Museu da CBF  representou o auge, o momento marcante do Tributo da CBF. 
Assessoria CBF
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: