A “Atletas pelo Brasil”, organização criada por atletas de diversas modalidades esportivas, com fins de desenvolver o esporte no país e, por meio dele, obter avanços sociais, divulgou uma carta aberta, nesta segunda-feira, para todos os candidatos à presidência da República com propostas para que todos esses objetivos sejam alcançados.
Inicialmente, o texto explora a importância da prática de esporte para a saúde de uma população (brasileira), que apresenta altos índices de sedentarismo e obesidade: “Os benefícios do esporte na saúde já são comprovados. O sedentarismo e a obesidade são problemas contundentes de saúde pública, uma epidemia mundial. Hoje, o Brasil gasta mais de R$ 12 bilhões por ano com problemas causados por suas consequências. Mais da metade da população brasileira está acima do peso e mais de 17% são obesos. Os poucos e frágeis dados sobre atividade física nas capitais brasileiras apontam que somente 33% fazem atividade física suficiente e 15% são totalmente inativos”.
Logo em seguida, a carta ressalta o papel da prática esportiva nas escolas, fundamental também para o desenvolvimento do raciocínio e saúde das crianças: “Essa disciplina deve estar no contexto pedagógico da escola, pois o esporte é um facilitador do aprendizado. Quando o profissional de educação física é qualificado e apresenta bons projetos, o resultado é sempre positivo. Contudo, hoje, isso depende do empenho pessoal do bom profissional”.
Os atletas associados também chamam a atenção para a situação do esporte de alto rendimento. Segundo a organização, a Lei 12.868/2013, que prevê uma série de medidas com foco na regulamentação administrativa do esporte, não está sendo cumprida e cobra uma maior fiscalização por parte do governo: “No caso do alto rendimento, a situação também não é animadora. Faltam ao país gestão e transparência nas organizações que administram o esporte nacional. A aprovação da Lei 12.868/2013 foi um marco e prevê limite de mandato aos dirigentes esportivos, participação dos atletas na gestão e sistema eleitoral, além de transparência. Contudo, o governo precisa avançar com a fiscalização do seu cumprimento, a regulamentação da participação dos atletas e a medição de desempenho das confederações e federações esportivas”.
Na carta, a organização também reclama da baixa quantidade de recursos direcionados para o investimento do esporte no Brasil e da errônea alocação da verba: “. As secretarias de esporte têm orçamentos limitados e não conseguem realizar ações em quantidade e com qualidade. Os recursos são usados para financiar torneios de futebol de várzea, que beneficiam um número pequeno de pessoas, ou para construir estádios e ginásios que acabam se deteriorando pela falta de uma cultura da prática de atividade esportiva pela população”.
Por fim, o texto sugere algumas propostas ao próximo governo, visando à melhoria do esporte. Sinteticamente, o que os atletas mais solicitam é a elaboração de metas para o reforço da prática esportiva nas escolas e uma maior fiscalização nos órgãos, que administram as principais modalidades esportivas no Brasil.
Entre os atletas associados, estão alguns nomes mais conhecidos da população, como o goleiro Rogério Ceni (futebol), Fernando Meligeni (tênis), Gustavo Borges (natação), Hortência (Basquete), Rubens Barrichello, Kaká (futebol), entre outros.
Confira, na íntegra, as propostas da “Atletas pelo Brasil”:
Para que o país reconheça e utilize todo o potencial do esporte, seja como direito de todos seja como excelência no alto rendimento, me comprometo com as seguintes propostas:
(I) Estabelecer metas quantitativas e de resultado para melhoria da atividade física e do esporte nas escolas com reflexo no plano plurianual e no orçamento, garantido a ampla participação, discussão, definição da sociedade civil desde a elaboração das ações voltadas às metas, como também em sua fase de execução e avaliação; 
(II) Criar comitê interministerial para articulação de programas e projetos voltados ao Esporte, que envolva, no mínimo, os Ministérios do Esporte, Planejamento, Educação, Saúde e Cidades e com participação da sociedade civil; 
(III) Implementar um esporte de qualidade em todas as escolas brasileiras, valorizando a importância da disciplina e promovendo um esporte inclusivo, que incentive a diversidade, o trabalho em equipe e a criação de valores; 
(IV) Ter uma legislação que defina o Sistema Nacional de Esporte, estabelecendo competências, responsabilidades dos entes federativos, financiamento do esporte, democratização das entidades que administram o esporte, entre outros. 
(V) Regulamentação do artigo da lei 12.868/2013 sobre participação dos atletas nas eleições dos dirigentes das entidades que administram o esporte; 
(VI) Fiscalização efetiva do cumprimento da legislação, em especial que garanta a efetiva democratização das entidades esportivas; 
(VII) Renovação da Lei de Incentivo ao Esporte; 
(VIII) Desburocratização e celeridade na utilização da Lei de Incentivo ao Esporte; 
(IX) Coleta periódica e disponibilidade pública de dados sobre atividade física e esporte.

Associados:
Ana Moser, Ana Mota, André Domingos, André Veras, Bernardinho, Branca, Cafu, Carmem de Oliveira, Cesar Castro, Claudia Chabalgoity, Clodoaldo, Daniel Alves, Deco, Dunga, Edmilson, Edu Gaspar, Fernanda Keller, Fernando Meligeni, Fernando Scherer, Flávio Canto, Giovane Gávio, Gustavo Borges, Henrique Guimarães, Hortência, Ida, Joaquim Cruz, Jorginho, José Montanaro, Kaká, Kelly Santos, Lars Grael, Leandro Guilheiro, Leonardo, Léo Pasquali, Luciano Correa, Luisa Parente, Magic Paula, Marcelo Elgarten, Mariana Ohata, Maurício Lima, Mauro Silva, Nelson Aerts (Neco), Oscar Schmidt, Patrícia Medrado, Paulo André, Pipoka, Raí Oliveira, Ricarda Lima, Ricardo Gomes, Ricardo Vidal, Roberto Lazzarini, Robson Caetano, Rogério Ceni, Rogério Sampaio, Roseane Santos, Rubinho Barrichello, Rui Campos, Torben Grael, Vanessa Menga, William Machado e Zetti.

Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: