Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto
Para o jogo de sábado, Brasil e Argentina, estão esgotados os ingressos de cadeira de pista, cadeira premium e cadeira nível 1. Restam apenas ingressos de arquibancada. 

Rio de Janeiro, RJ – O Brasil estreou com vitória no Super Desafio BRA de Basquete Masculino, no Ginásio do Maracanãzinho (RJ). Nesta quinta-feira (dia 31), diante de 6.969 torcedores, a Seleção Brasileira comandada pelo técnico Rubén Magnano ganhou de Angola por 98 a 60 (48 a 27 no primeiro tempo). Os cestinhas da partida foram o angolano Milton Barros, com 13 pontos, e o brasileiro Marcelo Huertas, com 12 pontos, quatro assistências e um rebote. Nesta sexta-feira (1º de agosto), às 14h, a Argentina estreia no Super Desafio BRA contra Angola. O SPORTV transmite ao vivo. 

“É uma emoção grande ver essa torcida toda apoiando, ainda mais no Maracanãzinho que tem tanta história porque tenho ótimas recordações desse ginásio. A última que estivemos juntos foi nas Olimpíadas Todos mundo está sadio, todos estão num ótimo momento num ótimo momento. O importante é que sabemos com todo mundo junto e unido, fica muito forte”, comentou o pivô Nenê Hilário, que assinalou sete pontos, pegou cinco rebotes e deu duas assistências.

Outros destaques na vitória do Brasil foram o ala Alex Garcia (11 pontos, quatro rebotes e uma assistência) e os pivôs Tiago Splitter (10pts, oito rebotes e cinco assistências) e Rafael Hettsheimeir (10pts e um rebote e uma assistência).

“Começamos bem a nossa preparação para o Mundial com uma vitória diante dessa torcida que sempre nos apoia. Tivemos espaço na partida, o que permitiu a gente se divertir um pouco. Foi um jogo mais de contra-ataque, e isso foi bom para soltar o time”, disse Splitter.

O Super Desafio BRA termina no próximo sábado (2), às 10 horas, com o duelo entre Brasil e Argentina, com transmissão ao vivo da TV Globo e do SPORTV. A Argentina dirigida pelo técnico Júlio Lamas trouxe como destaques o ala Andrés Nocioni (Caja Laboral – Espanha), o armador Pablo Prigioni (New Yor Knicks – NBA) e o ala-pivô Léo Gutierrez (Peñarol de Mar del Plata – Argentina). 

BRASIL (26 + 22 + 21 + 29 = 98) 

Marcelo Huertas (12pts, 4 assistências e dois rebotes), Alex Garcia (11pts, 4reb. e 1assist.), Marquinhos Souza (9pts e 1assist.), Tiago Splitter (10pts, 8reb. e 5assist.) e Nenê Hilário (7pts, 5reb. e 2assist.). Entraram: Leandrinho (9pts, 2reb. e 2assist.), Anderson Varejão (8pts e 3reb.), Larry Taylor (9pts, 1reb. e 1assist.), Rafael Hettsheimeir (10pts, 1reb. e 1assist.), Marcelinho Machado (9pts, 1reb. e assist.), Rafael Luz (4pts, 1reb. e 1assist.) e Cristiano Felício (1reb. e 1assist). Técnico: Rubén Magnano.

ANGOLA (08 + 19 + 14 + 19 = 60) 

ÁRBITROS
Francisco Tandu (Angola), Fábio Kover (Brasil) e Diego Chiconato (Brasil) 

Confira a estatística completa de Brasil x Angola: Clique aqui.
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: