Brasil empata o clássico Bra-Pel em 0 a 0, e decisão sobre quem avança na Copa Fernandão fica para o domingo (24), na Boca do Lobo

No primeiro jogo da segunda fase da Copa Fernandão, deu empate sem gols na noite desta quarta (20), no estádio Bento Freitas. Mas não foi apenas um simples jogo: foi um clássico. Com direito a show da torcida Xavante, muitas provocações e uma partida carregada de emoções. O Brasil, que jogou com uma equipe diferente das últimas partidas, dominou as principais ações, mas viu o placar acabar igual. A próxima e decisiva partida é no domingo (24), às 15h30, no estádio Boca do Lobo.

Com uma escalação diferente das últimas partidas, o Brasil mostrou que não possui apenas onze jogadores: o sucesso é fruto de um qualificado elenco, onde todos os atletas possuem condições de atuar. E com o ímpeto de sempre, o Xavante partiu para cima do rival. Aos 7, após escanteio, confusão na área e Gustavinho, aproveitando a sobra, chutou forte. A bola explodiu na zaga, quando se encaminhava para o gol de Matheus.

Aos 10, jogada em velocidade, onde Wender lançou Leo Dias. O meia foi a linha de fundo e cruzou, mas a zaga áureo-cerúlea conseguiu o corte. Três minutos depois, em escanteio pela direita, a defesa rival cortou parcialmente e a bola caiu nos pés de Fernando Cardozo. O zagueiro tocou para Léo Dias, ele ajeitou com carinho e chutou forte. Matheus conseguiu mandar para escanteio. Na cobrança, a bola viajou na zaga do Pelotas e Matheus precisou esticar-se todo para evitar que Leo Dias conseguisse o gol desta vez.

Ricardo Scheneider, aos 18, afastou a bola da defesa Xavante e armou um contra-ataque. Gustavo Papa desviou o chute do zagueiro e a bola sobrou para Éder partir em velocidade. O camisa 11 rubro-negro correu, pedalou e chutou com força, mas Matheus conseguiu a defesa. Aos 21, boa troca de passes entre Éder, Papa e Zotti, que acabou com chute forte do meia, onde a bola passou raspando a trave direita do Pelotas. Aos 35, Claytinho chutou rasteiro, Anderson defendeu e a zaga afastou, na única chance do Pelotas na primeira etapa.

O segundo tempo começou e não poderia começar diferente: Brasil no ataque. Logo aos 4, Éder escorou para Brock, que chutou de longe e viu a bola sair para fora. Aos 7, o Brasil atacou forte. Zotti tocou para Éder, que entrou na área e, em dois lances, tentou o gol. Matheus ficou com a bola. Já aos 10, foi a vez de Léo Dias arriscar de fora da área e mandar para fora.

Aos 18, Jhonatan fez boa jogada pela esquerda e chutou forte, a bola bateu no travessão de Anderson. Já aos 34, Tiago Gaúcho deu um carrinho violento em Leandro Leite e o árbitro Jean Pierre de Lima deu apenas cartão amarelo para o volante do Pelotas. Aos 38, no último lance de perigo da partida, escanteio cobrado pela direita, uma leve confusão na área e Nunes chutou. A zaga do Pelotas, sobre a linha, evitou o gol Xavante na noite de um Bra-Pel sem gols.

Com o resultado, o Brasil prepara-se para, dentro da casa do rival, buscar a classificação na Copa Fernandão. No próximo domingo (24), às 15h30, o time de Rogério Zimmermann enfrentará o Pelotas, na Boca do Lobo. Além do empenho dos atletas Xavantes, a grande presença dos torcedores rubro-negros empurrando a equipe é certa. É a hora de a Maior e Mais Fiel empurrar, como sempre, esse time de guerreiros.

FOTO: Italo Santos / GEB


Jonathan Silva
Assessoria de Imprensa GE Brasil
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: