Com uma atuação de luxo, o Internacional goleou o Flamengo por 4 a 0 na tarde deste domingo, no Beira-Rio, em partida válida pela 11ª rodada do Brasileirão. No primeiro termpo, Rafael Moura e D'Alessandro, de pênalti, marcaram os gols. Na etapa final, Fabrício e Alex ampliaram. O resultado deixou o Colorado na terceira posição do campeonato, com 19 pontos. No próximo sábado (26/7), o desafio é em Salvador contra o Bahia.


Muitas homenagens para Fernandão

A primeira partida no Beira-Rio depois do falecimento trágico de Fernandão foi marcada por muitas homenagens ao eterno capitão. Torcedores fizeram uma passeata até o Gigante lembrando o ex-jogador. Nos portões de acesso ao estádio, foram distribuídas aos torcedores 30 mil máscaras com o rosto de Fernandão. A viúva Fernanda Costa também esteve presente no Beira-Rio com os filhos Eloá e Enzo e concedeu uma entrevista coletiva antes do jogo. Depois, muito emocionada, veio até o gramado e viu faixas expostas com mensagens "F9, nunca te esqueceremos".

Inter entrou em campo com camisa alusiva ao eterno capitão Fernandão

Um vídeo exibido no telão mostrava o Gol 1000 em Gre-Nais marcado por Fernandão logo na sua partida de estreia. Para completar, todos os jogadores do Inter entraram em campo com uma camisa branca com o número 9 e o nome 'Fernandão' às costas. Também portavam braçadeiras alusivas ao eterno capitão. Torcedores mirins do Flamengo e pequenos torcedores do Projeto Criança Colorada também participaram das homenagens.

Na bola parada ensaiada, Inter faz 1 a 0

O Inter começou o jogo marcando forte e mantendo o Flamengo preso no seu campo de defesa. Atacava em jogadas de velocidade, principalmente com Aránguiz, que voltou ao time após disputar a Copa do Mundo. Aos 3min, o volante chileno invadiu a área e fez o giro em cima da marcação. A bola acabou sobrando para Rafael Moura, que chutou fraco para defesa de Felipe. Aos 10min, Aránguiz fez novo giro sobre o marcador e chutou fraco para defesa do goleiro rubro-negro. Aos 13min, o craque da camisa 20 cruzou da esquerda e Rafael Moura cabeceou à direita do gol.

Aos 15min, o Colorado abriu o placar a partir de uma cobrança de falta muito bem trabalhada. A bola foi alçada para a área por D'Alessandro, Alan Patrick deu um toquezinho para trás e Juan escorou da esquerda para a pequena área. Foi então que Rafael Moura apareceu como uma flecha para empurrar a bola para o fundo do gol. Ato contínuo, He-Man correu até a beira do gramado, pegou uma camisa com o número 9 e o nome de Fernandão escrito às costas e fez uma comovente saudação ao eterno capitão. Foi o terceiro gol do centroavante no Brasileirão.

Aránguiz teve participação destacada até deixar o jogo por causa de lesão

Pouco depois do gol, Aránguiz sentiu uma lesão e teve que deixar o jogo. O argentino Martín Luque entrou em seu lugar. O Inter manteve o controle das ações na partida. Não corria riscos e seguia pressionando na busca pelo segundo gol.

Aos 26min, D'Alessandro cobrou escanteio, Paulão aproveitou a sobra no segundo pau e chutou fraco em cima de Felipe. Aos 34min, Luque arrancou pelo lado esquerdo e chutou cruzado, para a linha de fundo. Aos 38min, D'Alessandro cobrou falta buscando o ângulo esquerdo e a bola estufou a rede pelo lado de fora, dando a impressão de gol para parte dos torcedores presentes no Gigante.

D'Ale amplia de pênalti

Aos 45min, Wellingon Silva recebeu passe no interior da área e sofreu falta duríssima do zagueiro Chicão. Pênalti e cartão vermelho para o zagueiro flamenguista. D'Alessandro cobrou com a categoria habitual e fez 2 a 0.

O Inter voltou para o segundo tempo com a mesma formação e motivação. Logo a 1min, Willians chutou de longe para defesa de Felipe. Aos 5min, Fabrício cruzou e Rafael Moura cabeceou sobre o travessão. Aos 10min, Wellington Silva lutou pela bola no interior da área e tocou para Rafael Moura chutar por cima.

Fabrício marca golaço

Aos 12min, D'Alessandro fez inversão de campo da direita para a esquerda buscando Fabrício. O lateral mirou a bola e encheu o pé para acertar um belo chute, no cantinho esquerdo. Golaço! 3 a 0.

O time de Abel Braga seguiu sufocando o Flamengo, que tentava apenas se defender sem esboçar reação. Aos 19min, Rafael Moura chutou e a bola desviou na zaga antes de sair pela linha de fundo. Logo depois, Wellington Silva fez grande jogada e tocou para Alan Patrich finalizar. Fernando tirou a bola de cima da linha, evitando o que seria o quarto gol. Aos 32min, Rafael Moura tentou encobrir Felipe, mas o goleiro conseguiu fazer a defesa.

Alex entra e marca o quarto

Aos 32min, Alex - que minutos antes havia entrado no lugar de Luque - ingressou em velocidade na área e aproveitou o bom cruzamento de Fabrício para marcar o quarto gol colorado. Inter sobrava em campo e isso estava refletido no elástico placar. Aos 41min, Alan Patrick quase fez mais um, em cabeceio que raspou o travessão.

"Fizemos uma grande partida e merecemos o resultado", disse o volante Wellington.

"A gente sabia que hoje era um dia especial. Que bom que conseguimos trazer para dentro de campo. O Fernandão foi um ser humano fora de série. Isso fica", lembrou Alex.

"Resultado que dá bastante confiança e moral", avaliou Alan Patrick.

"Foi uma vitória justa. Soubemos aproveitar bem as circunstâncias da partida", afirmou o técnico Abel Braga.

Ficha técnica:

Internacional (4): Dida; Wellington Silva (Cláudio Winck, aos 29min do 2º tempo), Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, Aránguiz (Martín Luque, aos 18min do 1º tempo/Alex, aos 27mn do 2º tempo), Alan Patrick e D’Alessandro; Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.

Flamengo (0): Felipe; Léo Moura, Wallace, Chicão e André Santos; Recife, Amaral (Negueba), Márcio Araújo e Mugni; Nixon (Fernando) e Alecsandro (Luiz Antônio). Técnico: Ney Franco.

Gols: Rafael Moura (I), aos 15min do primeiro tempo, D'Alessandro (I), de pênalti, aos 48min do primeiro tempo, Fabrício (I), aos 12min do segundo tempo, Alex (I), aos 32min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Amaral (F); Expulsão: Chicão (F).

Público: 32.921 (27.633 pagantes). Renda: R$ 1.466,135,00.

Arbitragem: Sandro Meira Ricci (PE), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP).

Local: Beira-Rio. 

Assessoria Inter
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: