Ilha de Margarita, Venezuela – A Seleção Brasileira Adulta Masculina garantiu a medalha de bronze no 46º Campeonato Sul-Americano da Venezuela, disputado na Ilha de Margarita, e garantiu a vaga nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015. Nesta segunda-feira (dia 28), na disputa do terceiro lugar, a equipe comandada pelo técnico José Alves Neto, superou o Uruguai por 66 a 61 (36 a 29 no primeiro tempo).

“É claro que viemos em busca do título sul-americano, mas infelizmente não foi possível. Mas alcançamos dois dos nossos três objetivos: a vaga para o Pan e o Torneio Pré-Olímpico. Contra o Uruguai fizemos uma boa partida e sempre acreditamos na vitória. Quero parabenizar meus companheiros e a comissão técnica pelo trabalho desenvolvido. Um grupo muito unido dentro e fora da quadra”, destacou Hettsheimeir.

Os principais pontuadores do Brasil foram o ala-armador Vitor Benite (16 pontos, três rebotes e três assistências), o pivô Rafael Hettsheimeir, que marcou um Duplo-Duplo (14 pontos e 10 rebotes), o armador Rafael Luz (11 pontos, sete rebotes e duas assistências) e o armador Gegê (nove pontos, dois rebotes e uma assistência). O cestinha da partida foi o uruguaio Bruno Fittipaldo, com 26 pontos.

“Nos momentos que estivemos atrás do placar e não conseguimos encaixar nosso jogo, tivemos tranquilidade para buscar o melhor momento de arremessar. Mas nosso maior mérito foi a defesa que soube neutralizar o ataque adversário. A equipe veio crescendo ao longo da preparação e ficamos fora da final por um ponto”, comentou Raulzinho. “Vale destacar também a união desse grupo que mesmo perdendo dois jogos para Argentina e Venezuela jogou de cabeça erguida e honrou a camisa do Brasil”, completou. 

O técnico José Alves Neto fez um balanço da participação do Brasil no Campeonato Sul-Americano.

“Conseguimos jogar de igual contra os três principais adversários da competição e mostramos que tínhamos condições de ser campeão. Estou orgulhoso com o comprometimento desse grupo, jogadores e comissão técnica, que ao longo de toda nossa preparação sempre buscou fazer o melhor e defendeu as cores do Brasil”, analisou Neto. “De qualquer forma garantimos o país nas duas principais competições da temporada 2015 o Pan e o Pré-Olímpico”, finalizou.

Na disputa do título, a Venezuela levou a melhor sobre a Argentina por 74 a 65 (29 a 31), com 24 pontos do cestinha Greivis Vasquez. Na decisão de quinto e sexto lugares, o Paraguai derrotou o Chile por 75 a 49, enquanto o Equador garantiu a sétima colocação com a vitória sobre o Peru por 90 a 63. Venezuela, Argentina e Brasil estão classificados para o Pan de 2015.

BRASIL (18 + 18 + 21 + 09 = 66)

Raulzinho Neto (6pts, 2 assistências e 2 rebote), Rafael Luz (11pts, 7reb. e 2assist.), Jefferson William (1reb. e 1assist.), Rafael Mineiro (5pts e 2reb.) e Rafael Hettsheimeir (14pts e 10reb.). Entraram: Vitor Benite (16pts, 3assist. e 3reb.), Cristiano Felício (5reb.), Gegê (9pts, 2reb. e 1assist.), Augusto Lima (2reb. e 1assist.), Léo Meindl (0) e Olivinha (5pts e 3reb.). Técnico: José Alves Neto.

URUGUAI (17 +12 + 18+ 14 = 61) 

Árbitros
Jose Reyes (México), Alejandro Chiti (Argentina) e Roberto Olivares (Venezuela)

Forma de disputa

Na primeira fase as oito seleções foram divididas em dois grupos de quatro, que jogaram entre si nas suas respectivas chaves. As duas primeiras colocadas de cada grupo se classificraam para a fase semifinal, no sistema de cruzamento olímpico: 1º A x 2º B e 1º B x 2º A. Os ganhadores disputaram o título, enquanto os perdedores decidiram o terceiro lugar.

Brasil no Sul-Americano

Desde a primeira edição em 1950, no Uruguai, o Brasil conquistou 18 títulos em 45 Sul-Americanos disputados. A hegemonia brasileira começou com o primeiro título em 1939, no Rio de Janeiro, com a equipe comandada pelo técnico Arno Frank. O último foi na Colômbia, em 2010. Confira os títulos do Brasil: 1939 / 1945 / 1958 / 1960 / 1961 / 1963 / 1968 / 1971 / 1973 / 1977 / 1983 / 1985 / 1989 / 1993 / 1999 / 2003 / 2006 / 2010

– 46º Campeonato Sul-Americano da Venezuela
Local: Ilha de Margarita (Venezuela)

Os grupos
“A”: Argentina, Brasil, Equador e Paraguai
“B”: Chile, Peru, Uruguai e Venezuela

1ª Rodada – Dia 24 de julho
Uruguai 92 x 52 Chile, Equador 31 x 82 Argentina, Brasil 73 x 56 Paraguai e Peru 49 x 86 Venezuela

2ª Rodada – Dia 25 de julho
Equador 54 x 106 Brasil, Peru 45 x 103 Uruguai, Argentina 75 x 65 Paraguai e Venezuela 76 x 55 Chile

3ª Rodada – Dia 26 de julho
Paraguai 83 x 73 Equador, Chile 85 x 70 Peru, Argentina 59 x 64 Brasil e Venezuela 67 x 63 Uruguai

Dia 27 de julho
Disputa de 5º ao 8º lugares
Paraguai 80 x 56 Peru e Chile 74 x 57 Equador
Fase semifinal
Argentina 79 x 68 Uruguai e Venezuela 66 x 65 Brasil

Rodada Final – Dia 28 de julho
Disputa de 7º e 8º lugares: Peru 63 x 90 Equador
Disputa de 5º e 6º lugares: Paraguai 75 x 49 Chile
Disputa de 3º e 4º lugares: Uruguai 61 x 66 Brasil
21h30 – Disputa de 1º e 2º lugares: Argentina x Venezuela

CBB
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: