Já desclassificada da Copa, a Espanha se despediu do Brasil com boa atuação na Arena da Baixada (Curitiba) e vitória de 3 x 0 sobre a Austrália, última colocada do Grupo B. A atual campeã do mundo ficou em terceiro lugar no grupo somando apenas 3 pontos, graças aos gols marcados por David Villa, Torres e Juan Mata.

A Espanha começou o jogo nitidamente abatida, com dificuldade na saída de bola, enquanto a Austrália valorizava a posse de bola no meio de campo. Desde o início da partida, a torcida presente na Arena da Baixada cantava: “Eliminado! Eliminado”.

Mesmo sem achar seu jogo, a Espanha passou a tocar bola do meio do campo deixando para o adversário poucas oportunidades no conra-ataque. Aos 20 minutos, Iniesta fintou um marcador na entrada da área e cruzou para Villa, que não finalizou bem. Na sequência, o atacante deu belo passe de calcanhar para Jordi Alba, que chutou ao gol exigindo grande defesa do goleiro Ryan.

A Espanha confirmava postura mais ofensiva e Austrália permanecia apática em campo quando David Villa recebeu bola na medida de Juanfran pela meia direita. Com categoria, Villa marcou um golaço de letra e abriu o placar para a Fúria.

No fim do primeiro tempo, os espanhóis tiveram mais uma boa chance: Koje estava livre, ainda distante da área, mas arriscou chute no canto direito de Ryan, que mais uma vez defendeu.

Segundo tempo - No início da etapa final, a Austrália buscava iniciativa no jogo, mas seu toque de bola lento não trazia ameaça alguma à seleção espanhola, que voltou a dominar a partida e criar novas chances de gol, que veio aos 24 minutos em passe de Iniesta para Torres, que tocou na saída de Ryan.

Com folga no placar, a seleção espanhola começou a se soltar e o ataque voltou a ter bons momentos, como a chegada de Juan Mata na entrada da área, aos 36 minutos. O meia recebeu bom passe e chutou entre as pernas do goleiro Ryan, ampliando o placar.

Campanha

Atual campeã do mundo, a seleção espanhola foi uma das grandes decepções da Copa de 2014. Na primeira rodada, a Fúria enfrentou a Holanda, repetindo a final do mundial de 2010. Os holandeses não desperdiçaram a oportunidade de revanche e golearam por 5 x 1 na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Mas foi o Chile que carimbou de vez o passaporte dos espanhós de volta pra casa. Na segunda rodada, a seleção chilena mostrou futebol consistente, marcou duas vezes no Maracanã e confirmou a eliminação precoce do adversário: Chile 2 x 0 Espanha.

Esta foi a quinta vez que uma seleção campeã foi eliminada na primeira fase da edição seguinte. Isso já havia ocorrido com a Itália, em 1950, com o Brasil, em 1966, com a França, em 2002 e com a Itália, novamente, em 2010.

Ficha do jogo

Data: 23/06/2014 - 13h

Austrália 0 X  3 Espanha

Austrália: Ryan; McGowan, Wilkinson, Spiranovic, Davidson; Jedinak, McKay; Leckie, Oar (Troisi), Bozaniac (Bresciano), Taggart (Haloran).
Técnico: Ange Postecoglou

Espanha: Reina; Juanfran, Sergio Ramos, Albiol, Alba; Alonso (David Silva), Koke e Iniesta; Cazorla (Fabregas), Torres e Villa (Mata).
Técnico: Vicente Del Bosque

Local: Arena da Baixada (Curitiba)
Árbitro: Nawaf Shukralla (BHR)
Auxiliares: Yaser Tulefat e Ebrahim Saleh (BHR)
Cartões amarelos: Sergio Ramos (ESP) Jedinak (AUS)
Gols: David Villa, (36 min do 1T), Fernando Torres, (aos 24 min do 2T) e Juan Mata (36 min do 2T) 

Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0 
Anderson Falcão - Portal EBC
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: