Vargas marcou o seu nesta quarta-feira
A Espanha, atual campeã do mundo e que dominou o futebol europeu nos últimos anos, foi surpreendente eliminada nesta quarta-feira (18) após perder para o Chile no Maracanã por 2 a 0.  A seleção sul-americana foi melhor, aproveitou maior volume de jogo e segurou a pressão espanhola no segundo tempo. Esta foi a quinta vez que uma seleção campeã foi eliminada na primeira fase da edição seguinte. Isso já havia ocorrido com a Itália, em 1950, com o Brasil, em 1966, com a França, em 2002 e com a Itália, novamente, em 2010.

O jogo - Logo no primeiro minuto, o Chile criou duas boas chances.  A primeira foi em uma jogada do atacante Vargas, em que a defesa conseguiu afastar. No escanteio, a bola sobrou para Jara, que cabeceou com muito perigo. Os lances assustaram a Espanha, que, no início do jogo, errou passes e era desarmada com facilidade. Somente depois de oito minutos, a Espanha conseguiu chegar perto do gol chileno em uma cobrança de falta de Iniesta. Em seguida, a Espanha se encontrou na partida e criou boa chance com Alonso aos 14 minutos. 
Quando a Espanha tinha finalmente colocado os nervos mais em ordem, tomou um duro golpe.  Alonso perdeu a bola no meio, Sanchez tocou para Aranguiz, que encontrou Vargas dentro da área. O atacante driblou Casillas e fez um belo gol aos 19 minutos da primeira etapa. A torcida chilena, que era maioria no Maracanã, fez a festa.
O placar enervou a Espanha, que tinha dificuldades no meio de campo e errava seguidos passes, contrariando o conceito da seleção que ficou famosa pela precisão dos toques. 
O jogo ganhou características que não atendiam às necessidades da atual campeã do mundo. Partida ficou truncada no meio de campo e sucessivas faltas aconteceram dos dois lados. Em uma delas, Iniesta derrubou Alexis Sánchez. Ele mesmo bateu e  a bola bateu na trave. No rebote, Aránguiz chutou bem para fazer o segundo e deixar a Espanha em desespero aos 43 minutos do primeiro. 
“Eles estão ainda atordoados com o 5 a 1. Não dá para dizer que o jogo está decidido, mas tudo caminha para que o Chile consiga um bom resultado”, comentou Orlando Duarte para as rádios EBC. “Seria o maior mico da Copa uma eliminação precoce da Espanha”, completou Jorge Ramos.
No segundo tempo, a Espanha voltou bem melhor e pressionou desde os primeiros momentos.  O maior oportunidade perdida foi com Busquets aos 7 minutos depois de “cruzamento” de bicicleta de Diego Costa. O Chile, todo fechado na defesa, apostava em contra-ataques e quase conseguiu aumentar o marcador com Alexis Sánchez, aos 14 minutos.
Nada dava certo para a Espanha que, embora tivesse maior posse de bola, não conseguia se livrar da marcação chilena. A partir da metade do segundo tempo, o Chile passou a tocar mais a bola.  A torcida provocava “olé” e “e-li-mi-na-do”. “O Chile teve posicionamento melhor e Espanha teve muitas dificuldades durante todo o jogo”, comentou Jorge Ramos, das rádios EBC. No final do jogo, a Espanha ainda tentou descontar, mas parou na marcação chilena, que ainda assustou em pelo menos mais dois contra-ataques. Além da classificação, o resultado significou a primeira vitória do Chile sobre a Espanha em toda a história de confrontos.
Na próxima rodada (na segunda, dia 23), enquanto a seleção europeia, que teve a segunda derrota (havia sido goleada na primeira rodada pela Holanda), só cumpre tabela contra a Austrália, em Curitiba, o Chile vai a São Paulo buscar a primeira posição do Grupo B contra a Holanda.

Espanha 0 X 2 Chile

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Mark Geiger (EUA)
Assistentes: Mark Sean Hurd (EUA) e Joe Fletcher (CAN)
Cartões amarelos: Vidal e Mena(CHI); Xabi Alonso (ESP)
Gols: Vargas, aos 19 min., Aránguiz, aos 43 min. do 1°t (CHI)

Espanha: Casillas; Azpilicueta, Javi Martinez, Sergio Ramos e Alba; Xabi Alonso (Koke, no intervalo), Busquets, Iniesta e David Silva; Pedro (Cazorla, aos 30 min. do 2°t) e Diego Costa (Fernando Torres, aos 18 min. do 2°t)
Técnico: Vicente Del Bosque

Chile: Bravo; Isla, Medel, Jara e Mena; Fracisco Silva, Díaz, Aránguiz (Gutiérrez, aos 19 min. do 2°t) e Vidal (Carmona, aos 42 min. do 2°t); Vargas (Valdivia ,aos 38 min. do 2°t) e Alexis Sanchez
Técnico: Jorge Sampaoli


Tomada de vermelho, a Fifa Fan Fest recebeu 28 mil pessoas na tarde de hoje (18). No jogo Chile e Espanha, eram mais de 14 mil espectadores, a grande maioria de torcedores do Chile, que vibravam a cada lance da partida que classificou os sul-americanos para a próxima fase da Copa do Mundo. A temperatura estava amena e a ameaça de garoa não desanimou o público, que se indignou com os seis minutos de acréscimos finais dados pelo árbitro.

Nascida no Chile, mas moradora do Rio de Janeiro, Mercedes de Lemos abraçou amigos e desconhecidos logo após o apito final. Ela conta que estava na Fan Fest a "trabalho". "Nós viemos em um grupo que trabalha para o Consulado do Chile, a embaixada e a polícia. Viemos conferir como está o local que recebe tantos chilenos, está bacana, tranquilo, me parece bem seguro. Mas aproveitamos para torcer também, né?".

Ela relata que não conseguiu comprar ingressos para assistir a partida no Estádio do Maracanã. "Não consegui as entradas, mas viemos aqui. A Copa parece uma grata surpresa para times com menos tradição no futebol. Muitos já falavam que o Chile estaria fora da competição na primeira fase, que iriam se classificar a Espanha e a Holanda neste grupo [B], mas nós sempre acreditamos na classificação do Chile", comemora.

Triste com a saída de sua seleção da Copa, a espanhola Diana Bejar veio passar um mês no Brasil para curtir a festa. "Vou continuar assistindo aos jogos. Nem sempre se pode ganhar, a Espanha ganhou a Eurocopa e o mundial consecutivamente, agora acabou. O time estava com muito mais confiança do que futebol".

Muitos brasileiros e argentinos também acompanham os shows nas areias da Praia de Copacabana e esperam pela próxima partida, entre Croácia e Camarões, que é decisiva para a situação do Brasil no Grupo A.

Editora: Carolina Pimentel
  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: