(Foto: Ronaldo Bernardi/Agência RBS)
O ex-jogador do Inter, PalmeirasCriciúma e CSKA deverá jogar amanhã. Em Pelotas. Pelo Paulista. No futsal. Para isso, basta que o clube que o lançou para o esporte quando ainda era criança aceite sua condição: não quer mais treinar.
- Passei os últimos 17 anos da vida fazendo isso. Agora, que parei de jogar profissionalmente, não quero mais esse compromisso. Então, se o Paulista não quiser, vou jogar no Pelotas, que está cheio de amigo meu por lá também – diz, caindo na gargalhada.
Aos 30 anos, Daniel Carvalho cansou. Cansou de correr, cansou de treinar, cansou de se controlar. Não quer mais ter o compromisso de cumprir horários e obedecer a técnicos e a preparadores. Apesar de ter pouca idade para os parâmetros do futebol brasileiro – praticamente todos os craques campeonato são mais velhos, como Alex, Seedorf, D’Alessandro, Zé Roberto, Juninho Pernambucano -, Daniel Carvalho não tem mais vontade de ser profissional. Ao menos no Brasil. Aliás, expõe com toda a sinceridade: só um convite muito vantajoso do Exterior poderia fazê-lo balançar e seguir atuando profissionalmente.
Ele mesmo reconhece que as lesões que atrapalharam sua carreira não o deixaram mais em condições físicas de atuar no futebol de alta intensidade brasileiro, apesar de garantir não estar gordo. Por isso, mercados com menor pressão, como o árabe, ainda o interessariam.
Porque Daniel ainda gosta de jogar bola. Sente prazer em dar uma janelinha e deitar o goleiro antes de colocar a bola na rede. Mas só futebol de sete, futsal e golzinho fechado.
Aliás, faz isso de três a quatro vezes por semana. Seus parceiros de pelada são quase todos ex-profissionais: Claiton, Vinícius, Thiago Mattos, Diogo (dos gêmeos Diego & Diogo). A vontade de jogar é tanta que terça-feira, Daniel pegou o carro e dirigiu 80 quilômetros até Presidente Lucena disputar um torneio de futsal.
Portanto, só a união do prazer de jogar bola com uma boa proposta gringa poderiam fazê-lo mudar de ideia. Mas precisaria ser tão vantajosa a ponto de ficar longe de João Paulo Carvalho. O filho de cinco anos é a grande paixão do ex-camisa 10. O guri mora em Porto Alegre, com a mãe. Ficando no Estado, Daniel pode vê-lo todos os dias, buscá-lo na escola, jogar bola e videogame em casa.
- Já deu para ver que é canhoto e que tem bom tempo de bola. Vamos ver se ele vai querer jogar _ adianta.
Agora, vive rodando com seu carro importado pelas BR-116 e 392, que ligam Porto Alegre a Pelotas e Rio Grande. É lá que administra seus investimentos e imóveis – o mais importante deles, um centro de esportes e eventos em Pelotas, avaliado em mais de R$ 7 milhões. É lá que estão seus amigos e família, como o pai (e empresário Álbio Carvalho). É lá também que está seu próximo time: o Paulista.
Isso, claro, se não precisar treinar.



Parceiros Canguçu Sports


      

           

Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: