À esta altura de sua experiência, a Seleção Brasileira já sabe bem: qualquer história de goleadas na fase de grupos fica para trás no nomento em que uma Copa do Mundo de Beach Soccer da FIFA entra em sua etapa decisiva, de jogos eliminatórios. E, na primeira partida das quartas de final do Taiti 2013, nesta quarta-feira, o Brasil teve uma prova clara disso, diante de uma aguerrida e competente equipe japonesa. 

Os brasileiros sofreram até o último lance da partida – quando o goleiro Mão fez uma defesa sensacional – e bateram o Japão por 4 a 3 para garantir uma vaga na semifinal da competição e manter uma escrita louvável: em cada uma das sete edições do maior torneio da modalidade, o Brasil,  tetracampeão mundial, chegou no mínimo até essa fase.

Desde o início ficou claro que seria um dia complicado para os favoritos: aos cinco minutos, Horofumi Oda abriu o placar, o que obrigou os comandados de Junior Negão a partirem para o ataque, até conseguir a virada por 2 a 1, no final da primeira etapa.


Foi então que a maior arma japonesa apareceu: Ozu, nascido no Brasil e eleito melhor jogador da eliminatória asiática deste ano. Ele empatou a partida cobrando um pênalti na segunda etapa e, na terceira, após Daniel ter devolvido a vantagem aos sul-americanos, chutou de longe bola que foi desviada por Bueno e se transformou no empate em 3 a 3. 

A pouco mais de cinco minutos do final, Bueno voltou a tocar uma bola de cabeça, mas desta vez de forma certeira e a favor da Seleção Brasileira: sua conclusão de um escanteio de Jorginho valeu ao ao Brasil o quarto gol e, após sofrer muita  pressão nos instantes finais, a vitória apertada rumo à semifinal da competição..

(Do site da FIFA)
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: