Brasil vence novamente o São Paulo, e é campeão do Gauchão Série A2

Finalmente o grito de ‘é campeão’ saiu das gargantas Xavantes. A vitória do Brasil sobre o São Paulo por 1 a 0, na partida de volta da grande final do Gauchão Série A2, confirmou o título da competição para o rubro-negro, que havia vencido a primeira partida em Rio Grande, no Aldo Dapuzzo, por 4 a 1.

O Bento Freitas lotado pela Maior e Mais Fiel viu uma equipe pressionando o adversário desde o início da partida, sofrendo pouco perigo na defesa. E na segunda etapa, com o gol de Rafael Forster de pênalti, pode comemorar uma conquista depois de nove anos, e afastar a tristeza causada pelo fatídico rebaixamento em 2009, após a tragédia que vitimou os heróis Xavantes Claudio Milar, Régis Gouveia e Giovani Guimarães.

Agora com o título conquistado, e o acesso à primeira divisão em 2014 garantido, vêm as competições estaduais do segundo semestre. E o objetivo é a busca pelo direito de disputar um campeonato nacional no ano seguinte. Então fique atento, pois ‘o campeão voltou’!

O JOGO

Com a Baixada lotada, uma fina garoa caindo sobre a Princesa do Sul, e muito frio, a partida começou com o Brasil partindo para o ataque. O rubro-negro trocava passes no campo do São Paulo, e investia jogadas agudas principalmente com o meia Maicom Sapucaia, que aos 12 minutos pegou rebote de fora da área, e arriscou o chute de canhota, uma bomba, o goleiro Luciano bem colocado defendeu firme.

Mas após os 20 minutos, o Leão da Noiva do Mar conseguiu equilibrar as ações, e começou a chegar ao gol de Luiz Muller. A equipe do técnico Rudi Machado trocava passes no meio campo, e esboçava lances de ataque, porém nenhum que levasse perigo ao Camisa 1 Xavante.

O jogo truncado, com disputas mais fortes, começou a aparecer. As duas equipes brigavam firmemente pela posse de bola. E aos 30 minutos, o Brasil conseguiu retomar a pressão inicial da partida. Aos 38, Ceiton arriscou chute colocado de fora da área, buscando o canto de Luciano, mas a bola saiu triscando o pé da trave.

E no último lance do primeiro tempo, aos 46, o rubro-negro levou mais perigo ao gol do São Paulo. Alex Amado na esquerda tocou no alto para Éder Machado, que dominou no peito, e de primeira sem deixar cair, chutou forte. A bola saiu ao lado da meta de Luciano, e decretou o final da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o técnico Rogério Zimmermann colocou a equipe na frente, abafando qualquer reação do São Paulo. Aos 4 minutos, Cleiton entrou na área pela direita, e na linha da pequena área tentou cruzar para trás, mas o goleiro Luciano interceptou o chute e salvou o Leão de sofrer o primeiro gol.

Porém, a temperatura parece que esfriou os jogadores rubro-negros, e a equipe riograndina passou a controlar o jogo. Ao Brasil restava se defender de forma organizada, e sair nos contrataques. Aos 26, Éder Machado fez lançamento perfeito para Alex Amado, que na velocidade ganhou da zaga rubro-verde, e ficou cara a cara com Luciano. Mas no momento do chute do baixinho, o zagueiro Carlão Farias, por trás, conseguiu afastar para escanteio.

O empate sem gols ia dando o título para o Brasil. Porém, a Maior e Mais Fiel que lotou o Bento Freitas queria a conquista com uma vitória. E ela veio. Aos 34, Éder Machado pegou rebote na linha da grande área, avançou e foi derrubado por Émerson Dantas. Pênalti marcado. Na cobrança, o lateral esquerdo Rafael Forster chutou forte no meio do gol, e tirou o zero do placar. Festa nas arquibancadas, e gritos de ‘é campeão’ da massa Xavante.

Nos minutos finais do jogo, o rubro-negro administrava a vantagem com passes de um lado para o outro, e apenas aguardava o apito final do árbitro, que veio aos 45 minutos cravados, sem acréscimos. A torcida Xavante não aguentou a alegria, e invadiu o gramado do Bento Freitas, fazendo do campo um mar vermelho e preto.

E com o palco montado nas arquibancadas da social, os jogadores receberam as medalhas e o troféu, erguido pelo capitão Leandro Leite, das mãos do presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto, para uma plateia rubro-negra de mais de 10 mil Xavantes dentro de campo, que gritavam ‘o campeão voltou’. Noite Xavante decretada em Pelotas, com o título do Brasil na Série A2, e a confirmação do acesso à primeira divisão em 2014. Dá-lhe Xavante!

FOTO: Carlos Insaurriaga / GEB

Carlos Insaurriaga
Assessoria de Imprensa GE Brasil
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: