_MG_6364
Correndo ao lado do guia Wendel Souza, Terezinha dominou a prova dos 400m, classe T11
Terezinha Guilhermina, a cega mais rápida do planeta, garantiu o segundo ouro no Mundial de Atletismo de Lyon, desta vez na disputa dos 400m, T11. Depois de vencer nos 100m, T11, a mineira correu os 400m nesta quinta-feira, venceu e ainda bateu o recorde do campeonato, com 56s56. Terezinha dedicou sua medalha à amiga e também atleta Adriele de Moraes, única deficiente intelectual da delegação brasileira em Lyon. Terezinha, agora, é bicampeã mundial tanto nos 100m, quanto nos 400m.
“Sempre tento o suicídio nos 400m. Um dia, morro nesta distância”, brincou a brasileira, que terminou a prova passando mal. “Estou no último ano da faculdade de psicologia e bem ocupada. No ano que vem, me formo e será mais fácil treinar para os 400m”, afirmou.
Assim como ocorreu na disputa dos 100m, nos 400m Terezinha não teve dificuldades para vencer, liderando toda a prova. A mineira correu a distância de hoje com o guia Wendel Souza, já que seu instrutor original, Guilherme Santana, está com dores na perna e foi poupado para competir nos 200m, T11.
Além do ouro de Terezinha, o paulista Odair Santos garantiu a medalha dourada ao vencer a prova dos 1.500m, classe T11. O Brasil conquistou ainda duas pratas: com Alex Pires, nos 1.500m, T46 (4min6s4), e com Yeltsin Jacques, também nos 1.500m, mas na classe T12 (4min03s52). Leonardo Amâncio, F58, foi terceiro no arremesso de peso e ficou com o bronze. Campeão nos 100m e 200m, T43 (bi-amputado), Alan Fonteles correu a semifinal dos 400m, T43/44, e fez o melhor tempo (50s50), avançando à final, que será nesta sexta-feira, 26. “Não tenho o costume de treinar os 400m, mas se conseguir fazer a final em 49 segundos, ficarei muito feliz”, afirmou o paraense de Marabá.
A campeã mundial Terezinha Guilhermina é integrante do Time São Paulo, uma parceria do CPB com a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com deficiência de São Paulo, que apoia 41 atletas de nove modalidades.
A participação do Brasil no Mundial de Atletismo é custeada por um convênio do Ministério do Esporte com o CPB.
 
O Brasil está em terceiro no quadro de medalhas, com 11 ouros, sete pratas e 11 bronzes.
 
Confira os outros resultados do Brasil no Mundial de Atletismo no site do Comitê Paralímpico Brasileiro (www.cpb.org.br)
Acompanhe a cobertura completa do Mundial de Atletismo Paralímpico em Lyon (#lyon2013)
- Twitter (@cpboficial)
Facebook (facebook.com/ComiteParalimpico)
Transmissão ao vivo no site do Comitê Paralímpico Brasileiro (www.cpb.org.br)
Assista também a exibição, ao vivo, pelo canal Sportv 3 (13h – horário Brasil)
Resultados em tempo real
http://www.ipcathleticsworlds.com/
 
Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro
Axact

Canguçu Sports

Canguçu Sports é um blog portal voltado para as notícias esportivas da cidade de Canguçu e Zona Sul do estado do Rio Grande do Sul, criado em 2008 com intuito de facilitar a inclusão esportiva e na mídia digital é parte integrante da empresa BR PRESS. E-mail : editorresponsavel@gmail.com

Deixe um comentário:

0 comments: