Futebol

SKATE

ATLETISMO

Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports
Foto: Ricardo Moura / Canguçu Sports
Que a prática de esportes é uma atividade saudável para o corpo e mente em todas as idades, todos sabem. Por isso, quanto antes a pessoa começar a se exercitar, deixando de lado o sedentarismo, melhor.

Nesta sexta-feira, 19 de fevereiro, comemora-se o Dia do Esportista, ou Dia do Esporto, conforme consta na legislação brasileira. O esporte tem suas origens há milhares de anos atrás, ocasião em que o homem já praticava a corrida sem saber, fugindo de seus predadores ou indo atrás de sua caça.

A primeira competição oficial data de 776 a.C, ocasião em que foi realizada a Olimpíada da Grécia e o esporte deixou de ser apenas um ritual para se tornar uma competição com regras, vencedores e perdedores.

A data tem o objetivo de incentivar, conscientizar e homenagear a pratica do esporte, como meio para o desenvolvimento de uma vida muito mais saudável.

Origem do Dia do Esportista

O Dia do Esportista, originalmente, foi criado a partir da Lei nº 8.672, de 6 de Julho de 1993, conhecida como "Lei Zico". No artigo 54 constava que o dia 19 de fevereiro seria destinado como Dia do Esportista.

A Lei nº 9.615, de 24 de março de 1998, conhecida popularmente por "Lei Pelé" ou "Lei do passe livre", revogou a Lei Zico, estabelecendo o dia 23 de junho como o Dia do Desporto, mesma data do Dia Mundial do Desporto Olímpico. No entanto, a população mantém a antiga data ainda hoje como o dia para comemorar a pratica do esportismo no Brasil.
Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports
Ricardo Porto - Foto: Arquivo Pessoal
Neste sábado (18), apresentamos a  participação de Ricardo Porto, dirigente, treinador e atleta, participa ativamente do esporte Canguçuense e traz a sua visão acerca das atividades esportivas no município de Canguçu, confira:


Nome: Ricardo Picanço Porto
Profissão: Bancário
Idade: 40
Naturalidade: Canguçu

Qual sua relação com o esporte no município de Canguçu?

Ricardo Porto - Mesmo não sendo minha área de atuação, mas por ser um apaixonado por esportes em geral, participo ativamente do esporte em nosso município. Presido a AABB, dirijo o esporte do Trianon, além de treinar uma das categorias do clube (sub 13) e participei no último ano como treinador do sub 15 e auxiliar da equipe principal do América.

O esporte é antes de tudo uma ferramenta de inclusão social. Qual o maior desafio em Canguçu?

Ricardo Porto - Desenvolver uma maior diversidade de modalidades, afim de oportunizar que mais pessoas pratiquem esportes.
Uma outra necessidade é de melhorar as condições de nossos espaços físicos, principalmente o entorno do ginásio municipal que pode ser melhor explorado. Uma outra possibilidade é a de fazer parcerias com entidades/clubes que tem interesse em desenvolver o esporte com inclusão social.

Você acredita que por meio do esporte é possível garantir aos jovens novas oportunidades?

Ricardo Porto - Sem dúvida. O esporte pode mudar a vida das pessoas de uma forma positiva. E não só na obtenção de bons resultados, mas na inserção, disciplina e convívio que o esporte proporciona.
O esporte é capaz de oportunizar novas perspectivas para os jovens, que em alguns casos, não eram percebidas.

Como você avalia  o apoio da prefeitura de Canguçu ao esporte nos últimos anos?
Ricardo Porto - Vejo de forma positiva. Mas sempre há espaço para evoluirmos. E essa evolução não depende apenas do poder público, mas de todos que, de alguma forma, estão inseridos no esporte.
Houve um crescimento no aspecto organizacional e na participação da comunidade no nosso futsal, com a inclusão de novas  categorias, principalmente de base. Os jogos escolares também tem recebido uma atenção especial. O futebol de campo tem recebido apoio financeiro e estrutural.

Como tem sido o desempenho dos nossos atletas, nas competições que eles tem disputado dentro e fora do município de Canguçu ?

Ricardo Porto - Tenho conhecimento de alguns casos e percebo bons resultados, fora do município e a nível nacional, mesmo com pouco apoio. Canguçu tem um potencial esportivo enorme, mas que falta a percepção do poder público, empresários e da comunidade no geral.

Posso citar nossa nadadora paralímpica Luiza Rodrigues Rios, no Taekwondo sob o comando do mestre Luis Nunes Silveira, no ciclismo com o Eder Costa Barcellos, no futsal com a AABB, no futsal de base com as escolinhas do Trianon, Cruzeiro, Canguçuense e Show de Bola.

Os melhores resultados aparecem nos esportes coletivos ou individuais?

Ricardo Porto - Normalmente a divulgação dos esportes coletivos, principalmente o futebol, tem um maior destaque. Mas nos esportes individuais, se bem trabalhados e com o apoio necessário podem também desenvolver resultados significativos. Os esportes individuais não tem o mesmo incentivo.

Nossos espaços físicos para a prática esportiva são bem resumidos, quais as soluções que poderíamos programar para garantir um acesso maior da comunidade.

Ricardo Porto - Hoje temos o ginásio municipal de esportes e todo seu entorno como principal espaço para a prática de esportes. Acredito que esta área mereça uma atenção especial do poder público, na questão estrutural, nos espaços e na qualificação e no desempenho da atividades dos profissionais da áreas de esportes que lá atuam. Acho que estes profissionais poderiam auxiliar e orientar as pessoas que utilizam aquele espaço, algo simples, mas que pode fazer toda diferença no desempenho correto das atividades.
Vejo o entorno do ginásio municipal um ótimo espaço físico que poderia ser melhor aproveitado.

Quais os projetos ou programas que foram ou ainda estão sendo desenvolvidos pelo esporte municipal que merecem destaque.

Ricardo Porto - Tenho conhecimento dos jogos escolares, que envolve a participação da comunidade escolar do nosso município.

Você avalia Canguçu como terra de um esporte ou de múltiplas oportunidades de escolha?

Ricardo Porto - Canguçu respira futebol. Existe outras modalidades que poderiam ser melhor exploradas e oportunizadas.

Esporte é despesa ou investimento?

Ricardo Porto - É um Investimento e que vai além da prática esportiva.
Investimos  em educação, em saúde e diversas outras áreas. O esporte pode mudar a vida das pessoas de forma positiva.

Qual a mensagem que você deixa para a juventude, profissionais do esporte e população de Canguçu?


Ricardo Porto - O esporte é coadjuvante para uma boa saúde, de educação, de vida. O esporte melhora a vida das pessoas. O esporte é ferramenta de inclusão. Ele oportuniza muitas coisas, principalmente aos jovens e a comunidade carente. Precisamos valorizar, apoiar e desenvolver o esporte local. E principalmente preservar os espaços públicos que são pra nós, comunidade em geral.
Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports
Foto: Divujlgação
Nesta sexta-feira, a equipe da Malgi deixou os treinos de lado para ajudar a comunidade pelotense. Dez atletas, juntamente com membros da comissão técnica e da diretoria da Malgi, foram até o Hemocentro Regional de Pelotas para realizarem doações voluntárias de sangue.
Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports
Foto: Divulgação

A AABB-RG/GRÊMIO BALL retorna as suas atividades visando o estadual de futsal 2017

A parceria AABB-RG/GRÊMIO BALL que se concretizou no ano de 2016 com o objetivo de colocar uma equipe da cidade do Rio grande novamente no certame estadual de futsal, após a sua participação no estadual com as categorias sub-11, sub-13 e sub-17 e a sua participação sendo considerada uma excelente experiência aos atletas e comissão técnica.
Logo após o encerramento de sua participação no estadual 2016 com a categoria sub-13 chegando até as semifinais e concluindo a competição na sexta colocação, o projeto estadual 2017 já se iniciava com a realização de suas peneiras visando garimpar novos talentos para as suas equipes de base no ano de 2017 e fortalecendo ainda mais a parceria no projeto estadual de futsal 2017.

O ano de 2017 será de muitos desafios para comissão técnica e seus atletas, para este ano a parceria   AABB-RG/GRÊMIO BALL vem com quatro categorias para a competição (sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17), tendo seu início aos treinamentos e apresentação dos atletas que irão disputar o estadual de futsal 2017 neste sábado dia 18 de fevereiro na sede campestre da AABB em Rio grande, categoria Sub-11 apresentação às 13:30hs, Sub-13 às 15:00hs, Sub-15 às 16:30 e Sub-17 às 18:00.

HANDEBOL

JERGS