Futebol

SKATE

ATLETISMO

Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports
Angélica Buchweitz e  Deisiane Hornke Foo: Divulgação / AEJE

As atletas Angélica Buchweitz e  Deisiane Hornke , naturais de São Lourenço do Sul , ambas participam do Campeonato Gaúcho Feminino 2017 vestindo a camisa do João Emílio de Candiota, a qualidade do futebol apresentando garantiu vaga para participar da competição.

Elas viajam vários quilômetros entre São Lourenço e Candiota, apaixonadas por futebol realizam um sonho de participar de uma competição estadual, enfrentar equipes de renome como o Grêmio de Porto Alegre, experiência e aprendizado que as jovens que vivem no mundo rural levam para todas as competições que participam.

A paixão pelo esporte e principalmente pelo futebol faz com que elas vistam várias camisas durante o ano, futsal colonial (em quadra de chão batido), futsal, futebol 7 e Futebol de Campo, elas não param,  na quinta-feira de 7 de setembro decisão no futsal, no domingo (10) futsal e futebol de campo em Candiota.


O destaque principal da dupla é o alto grau de combatividade,  duas guerreiras em campo e que ajudam a equipe do João Emílio a não dar moleza para as adversárias, características comuns nas quadras de chão batido na região de São Lourenço e Canguçu.
Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports

DIA 01º DE OUTUBRO (DOMINGO)
No campo do F.C.Sarandi

- início pela manhã com torneio feminino
- 13:00h: torneio masculino, com a seguinte premiação:

CAMPEÃO: 8 FARDOS DE CERVEJA
VICE: 4 FARDOS DE CERVEJA
3º COLOCADO: 2 FARDOS DE CERVEJA
GOLEADOR: 1 FARDO DE CERVEJA

- Haverá copa sortida, jogo de osso e churrasco ao meio dia.  Encomendas pelos telefones: (53) 99997-6079 com Sandro ou 99907-6307 com o Bruno Pellegrinotti

Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports

O Trianon foi a Pelotas neste domingo(10) e garantiu vaga na final do Regional de Futsal na categoria sub 13 ao vencer o BR Futsal de Pelotas por seis a zero.

Marcaram os gols do Trianon , Yuri(3), Alex(2) e Leisner.

No próximo domingo no Ginásio Municipal de Pelotas o Trianon enfrenta o Clube Souza na grande final da competição que começou em junho.

Nas categorias sub 13B e sub 15 o Trianon foi eliminado nas semifinais.

Foto: Divulgação Trianon.
Blog de Informação esportiva on line com foco em Canguçu e Zona Sul - Canguçu Sports
A equipe de futsal feminino do IFsul, campus CAVG, composta por duas atletas da Malgi sagrou-se na semana passada bicampeã da etapa sul-brasileira dos Jogos dos Institutos Federais (JIFs), o maior evento esportivo da Rede Federal. Na competição, realizada em São José dos Pinhais, no Paraná, as atletas conquistaram a medalha de ouro na modalidade em final disputada com o IF Farroupilha. Com o primeiro lugar do pódio, as campeãs também garantiram vaga para a etapa nacional dos JIFs, que será disputada em outubro, em Minas Gerais.

Com direito a torcida organizada no câmpus Pelotas-Visconde da Graça durante a transmissão ao vivo da partida, realizada pelo IFSC TV, as meninas do futsal fizeram jus aos comentários ouvidos entre a torcida dentro do ginásio. Logo após a equipe sagrar-se bicampeã do JIF-Sul, quem passava pelas arquibancadas ouvia atletas de outros institutos comentando o alto desempenho do time. Mesmo com início de jogo tenso, com empate em 1x1, as meninas do IFSul logo impuseram seu ritmo de jogo e fecharam o placar em 7 a 4 sobre o IF Farroupilha. “Foi uma final digna de duas grandes equipes, mas na segunda etapa do jogo conseguimos impor nossa forte preparação física e garantir a vitória”, comenta o treinador Maurício Giusti, que definiu o confronto como “um jogaço para quem estava no ginásio, com troca de lideranças no placar, muitos gols e belos lances”.

De acordo com Maurício, a competição foi muito difícil, pois a cada ano as equipes se organizam mais e a modalidade em si cresce dentro do naipe feminino. Diferentemente do futsal masculino, já consagrado dentro da competição, esta é a segunda vez consecutiva em que os seis institutos participantes levam representantes para os jogos. “Isso gera valorização à modalidade: a arbitragem e a organização do evento acabam dando mais valor ao futsal feminino”, ressalta, acrescentando que inclusive a alteração do tempo de duração das partidas para o mesmo tempo do masculino é uma das conquistas provenientes desse reconhecimento.

Campanha
4 jogos
4 vitórias
21 gols marcados
7 gols sofridos
14 gols de saldo

Primeira fase
IFSC 0x3 IFSul
IFSul 4x0 IFRS

Semifinal
IFPR 3x7 IFSul

Final
IFSul 7x4 IFFAR

Foco no nacional
Com a conquista do bicampeonato, agora as meninas vão tentar repetir o feito nos jogos nacionais, onde já foram campeãs na modalidade no ano passado. Para o professor, o bom desempenho é resultado de anos de trabalho em projetos do câmpus. “Hoje nós temos 30 e poucas meninas treinando. São oito anos de projeto dentro da escola. Temos o projeto do adulto profissional e o projeto das alunas, que vão representar o câmpus e o IFSul. A gente tem certeza que o caminho é esse e que o trabalho está sendo bem feito”, comemora.
Maria Antônia Fagundes de Leon, estudante do curso técnico em agropecuária e capitã do time, também credita aos treinos o bom resultado. “Nós treinamos bastante e nos preparamos muito para chegar até aqui”, afirma. E é categórica sobre o que espera dos Jogos Nacionais. “Ano passado nós já fomos campeãs e esse ano vamos tentar de novo!”.

Conquistas que vão muito além das medalhas
Ainda que as vitórias sejam fortemente comemoradas, muitos outros fatores colaboram para que os JIFs tenham o poder de mobilização verificado dentro das instituições participantes. De acordo com os professores Maurício Giusti e Roberta Bermudes, os dias de jogos são vivenciados de forma intensa pelos estudantes, tanto dentro quanto fora das quadras. “Os alunos são submetidos a diversos desafios dentro dos jogos, como o respeito à competição, às regras e aos adversários momentâneos, mas também fora, como senso de responsabilidade, organização e de conviver com as diferenças de cada um”, comentam. Segundo eles, o evento proporciona dias inesquecíveis para os estudantes e para os professores: “conseguimos dialogar e ter contato com outras realidades; aprendemos muito nessa conexão e com as trocas de experiências”, destacam.

Saiba mais - Os jogos contaram com cerca de 800 estudantes dos seis institutos federais da Região Sul: Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), Instituto Federal Farroupilha, Instituto Federal Catarinense (IFC), Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e Instituto Federal do Paraná (IFPR). No total, mais de 120 atletas do IFSul participaram da competição acompanhados de seus professores de educação física. Para a etapa nacional, mais de 60 estudantes do instituto estão classificados: atletas do handebol feminino, vôlei masculino, basquete masculino e feminino, futsal feminino e atletismo.

Informações:
Victor Thompsen 

HANDEBOL

JERGS